FUTEBOL

COPA DO MUNDO NO BRASIL EM 2014: será fiasco ou sucesso?

Ao saber da decisão conjunta FIFA e Governo Brasileiro da realização da Copa do Mundo de Futebol, para 2014, no Brasil, pensei inicialmente que seria um grande desafio executar tal missão.

Pessoalmente, não me simpatizo muito com a maioria das decisões dessa entidade máxima do futebol. E, também o digo com relação a algumas das decisões de nosso ex-presidente Lula. Mas, em respeito a sua história sindical e política, tenho que admitir que poucos brasileiros (se se tornassem presidentes) tomariam tal medida. E nesse caso, aprovei tal decisão.

Economicamente falando, seria uma barbada, se a iniciativa privada tomasse as rédeas de tal empreendimento. Mas, no Brasil… o Estado sempre foi avalista dos desejos do povo (o que acho justo!). Sendo assim, a maioria dos orçamentos dos projetos ficaram salgados, comparando-se com aqueles executados nas Copas da África do Sul e do Japão/Coréia. Espero que a vida econômica, após essa Copa de 2014, desses parques futebolísticos compense os investimentos a serem aplicados nos mesmos. Os valores já levantados e o ritmo da execução da maioria dos projetos desses parques tem causado medo aos criticos de plantão. Mas, JK também encampou um projeto tão desafiante e que hoje é um exemplo de concretização de um sonho: a nossa Brasília. Entre tantos segmentos nesse contexto, o turismo, com suas diversas formas, é um dos motores que tem motivado as economias estaduais para esse grande evento. Outro segmento, dos avanços tecnológicos a serem implantados na infraestrutura das cidades que sediarão os jogos da Copa, promete ser a solução para a maioria dos problemas atuais. Será? Vivamos e vejamos!

Sob o ponto de vista político, essa Copa é uma aposta que pode consagrar várias personalidades envolvidas nesse evento ou então tornar-se um desastre na carreira das mesmas.

Por mais que me digam que as vezes sou um sonhador, repito: – vamos tornar esse sonho da Copa uma grande oportunidade econômica (promover o turismo ecológico) e principalmente, uma chance para um empurrãozinho sócio-cultural (aprender uma ou mais línguas estrangeiras), por exemplos, para todo nosso povo tupiniquim.

Mas sem perdermos a esperança de que os ideais de liberdade, fraternidade e igualdade permaneça sempre em nossas mentes e corações. Para isso, abaixo a corrupção, acima a seriedade com todos os bens públicos e o respeito pelos direitos do cidadão brasileiro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: