CONVENCIONAL

Os resultados obtidos por nosso sistema educacional brasileiro são questionados de forma constante há algum tempo. Lembro-me bem, lá pelos idos da década de 60. Depois na década de 70 a cobrança continuou ainda mais contundente. Alguns especialistas desta área afirmam que a gestão educacional do ensino público neste período foi uma das mais bem intencionadas e bem iniciadas que já se teve.

Desde então dividiu-se os resultados obtidos por esses dois segmentos em dois polos: Educação Conteudista e Educação Formativa. A primeira levada a excelência pelas escolas privadas e a segunda, de forma acidentada, pelas escolas públicas.

Sabemos que a preparação de nossos estudantes visando os concursos vestibulares sempre foi o mote adotado pelos gestores da educação privada. Alguns deles utilizavam recursos públicos, de forma discreta, para atingirem seus fins.

Enquanto isso as escolas públicas foram sendo sucateadas por autoridades, que ao mesmo tempo em que cuidavam da educação pública também eram sócios (ou no mínimo, parceiros) da iniciativa privada. Eram as verdadeiras raposas tomando conta do galinheiro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: